domingo, 21 de junho de 2015

Malafaia e seu canavial de rola

Boechat mandou Malafaia procurar uma rola.

Olha, Boechat, não queria te desanimar. Mas não está fácil para ninguém. Talvez esta tenha sido sua ideia, mandar Malafaia procurar uma rola e passar a vida procurando. Tem uma selva lá fora. Se ele achar uma, será quase um milagre. E se for um milagre, pode ser que a igreja dele consiga mais fiéis.

Falar do Malafaia virou moda. Chutar cachorro morto, sabe?

Não dá para levar a sério. Aliás, não consigo levar mais nada a sério neste País. País dos Memes ridículos e das passeatas sem propósito. Nunca antes na história deste País a expressão "Samba do Crioulo Doido" fez tanto sentido. Se ouve algo, não se pensa muito, e sai-se falando, xingando, cuspindo, e falando merda de qualquer "Geni" que apareça. Malafaia é a Geni do momento. Recentemente tivemos Ed Motta, e assim segue a vida, com uma "Geni" por mês. E nada que se possa levar a sério.

Xinguem ideias, reclamem, contradigam, chorem, se joguem no chão, discutam muito, mas façam isso com ideias, não com pessoas. Porque o Malafaia é só mais um. Assim como muitos outros que pensam como ele. O problema não é a pessoa em si, e sim o que ela pensa.
Sejamos mais adultos. Menos "É a sua mãe", "É você, seu bobo!". Sem essa de mostrar a língua para o amiguinho.
Mantenha uma discussão sem acusações pessoais, e seja feliz.

Boechat, devo admitir que eu ri. Afinal, meu lado infantil ainda permanece. E eu rio dessas coisas. Mas se você fosse filho da minha mãe, ela daria um tapa na sua boca e mandaria você discutir ideias como adulto inteligente que é.

Enfim, opiniões. Nem vou falar mal do Boechat porque admiro as ideias dele. Mas mandar o Malafaia  procurar uma rola foi uma das coisas mais infantis que vi nos últimos tempos.

Seus bobos e feios.

Nenhum comentário: