terça-feira, 21 de agosto de 2018

Emocionalmente um chuchu.

Sempre tive vontade de num momento de desabafo, virar pro cidadão e dizer "Você é um merda!". Eu faço parte do clã politicamente correto. Eu nunca dei um escândalo deste nível. Nunca entrei em brigas homéricas com homem. Eu pego minha viola, boto no saco e vazo.

Fiz um escândalo em toda a miha vida. Foi meio novela mexicana. Você não me quer? Veja eu beijando Pedro Augusto de Albuquerque! O cara? Cagou!
Acho que depois deste fracasso, fiquei blasè. Chuchu - Alckmin. Mas devo admitir que sempre admirei as mulheres intensas. Daquelas que dão show. Nunca terão câncer.

Recentemente passei por uma situação em que a minha vontade do escândalo bateu à porta, eu respirei, e não fiz o barraco que eu merecia fazer. Deveria ter feito. Nunca mais vou deixar esta oportunidade passar. Relacionar-se com seres humanos é isso. Nem sempre são flores. Mas comigo sempre é. Eu evito conflitos e quero que tudo fique bem, inclusive com amigos.

Passei a exercitar o "Foda-se! Você é uma merda de pessoa" recentemente. E, devo admitir, que faz bem para a alma.

Porque não vim nesta merda de vida a passeio, e vou mandar quem eu quiser à merda e eles que lidem com isso.

Então, Hey!!!! Seu egoísta de merda. Sim, você mesmo. Eu sei que você lê este blog. VÁ TOMAR BEM NO OLHO DO SEU CU. Que você tenha sífilis e que seu pinto caia.

Ser politicamente correto é um saco. Não dizer o que pensa, às vezes, é um porre e faz mal à saúde.
Um viva às doidas! Sou profudamente admiradora.