terça-feira, 29 de abril de 2008

Pessoa

O que eu fui o que é?
Relembro vagamente
o vago não sei quê
que passei e se sente
Se o tempo é longe ou perto
Em que isso se passou
Não sei dizer ao certo
Que nem sei o que sou
Sei só que me hoje agrada
rever essa visão
sei que não vejo nada
senão o coração.


Fernando Pessoa (23/03/ 1928- Poesias coligidas inéditas -1919-1935)

Nenhum comentário: