domingo, 7 de junho de 2015

Entenda seu público

Hoje o Facebook veio com essa de "Entenda seu público". E eu lá tenho público?
Tenho 3 ou 4 pessoas que passam os olhos no que eu escrevo, e fim. Nada de grandes plateias. Escrevo desde 24/07/2005. Sim, fará 10 anos! Meu Deus, 10 anos! A internet existe na minha vida desde 2005? Achei que era algo mais recente.

Comecei a escrever como afronta. Conheci um cara que tinha um blog. Então pensei "Se ele pode, eu também posso". Naquele tempo remoto, ser blogueiro (aliás, nem tinha isso), era falar o que pensa, escrever por escrever, conviver com ideias diferentes, discuti-las, e conhecer gente que talvez você não conhecesse na noite de SP, por exemplo. Nada financeiro. Não tínhamos sequer "Faculdade de Blogueiro", "Seja blogueiro S/A", "Viva no Glamour do Blog", "Fique rico. Seja blogueiro!". Enfim, nada disso. Escrevíamos e ponto final.

Faz uns 3 meses eu resolvi que quero juntar as crônicas deste blog e fazer um livro. Sim, a árvore, os filhos e o livro. Clichês da minha vida.
Vou ganhar dinheiro com isso? Não. Vou gastar mesmo.
Vou ser famosa? Não. No máximo minha mãe vai mentir dizendo que sou escritora para as amigas.
Meu blog vai virar filme? Não. Infelizmente não tenho talento para escrever sobre sexo ruim, ou vampiros, bruxos, e toda esta coisa.
Então,  alguém explica a razão desta retardada querer publicar esta merda de blog?

Porque é assim que eu sou. Porque é assim que a vida é.

Então, Facebook, sem essa de "conheça seu público". Já conheço os 5 que lêem este blog com frequência.

Nenhum comentário: