quarta-feira, 13 de abril de 2011

Final de semana U2

Eu poderia fazer um post somente com adjetivos. Conseguiria achar pelo menos uma centena deles para descrever os 2 últimos shows do U2. Se não me engano, já escrevi alguns textos sobre a banda. E todos eles carregam muita emoção. Sim, é minha banda favorita por diversos motivos.

Um deles ficou muito claro pra mim no último sábado, dia 09/04, emoção. U2 é uma banda que me emociona.

O relógio anunciava que estava por começar um dos melhores shows da minha vida. O coração pulsava ao correr dos pontoreiros do relógio. Começa "Space oddity", de David Bowie, e ali tive a CERTEZA de que seria uma noite incrível.E assim foi.

Cantei, gritei, chorei por diversas vezes, sem a menor vergonha, dentre as 90 mil pessoas que lotava o Moumbi, eu não estava só.
Qualquer pessoa que esteja rompendo a barreira dos 30, sabe do que estou falando. É a música do bailinho da vassoura, é a banda que eu escolhi para ser a minha favorita no dia em que ganhei uma fita cassete escrita "U2 - Boy".

Lembro dos meus finais de semana na galeria do rock buscando por singles da banda. As revistas que comprei, e guardo até hoje, do meu autógrafo do Bono guardado na minha caixinha de memórias. Dos meus romances terminados acompanhandos de horas no quarto escuro ouvindo U2.

Fui nos 2 shows (sábado e domingo). E não adiantou em nada usarem a frase "Você já viu". Poderia ver dezenas de vezes, jamais a experiência seria a mesma.

U2 é o tipo de banda que eu jamais vou enjoar. Posso até mudar de time, o que acho difícil também, mas nenhuma outra banda vai conseguir ocupar o lugar que o U2 ocupa na minha vida.

Quarteto, obrigada pelo melhor show de todos os tempos. Obrigada por me fazer ter 16 anos de novo. O rostinho não é mais o mesmo, assim como o de vocês. Mas a essência continua a mesma, e vocês fizeram ela voltar à tona.

Hoje é o último show, e eu estou me segurando na cadeira para não gastar mais fortunas, mas está difícil.

Nenhum comentário: