terça-feira, 28 de outubro de 2008

O ilustre senhor Siso

Eu odeio ir ao dentista. E odeio mais ainda dentistas que querem conversar com o paciente durante o tratamento. O que eles esperam ouvir?

- Hgrgksaiemo...aham.

É humanamento impossível conversar naquela situação.
Mas há dentistas que têm toda uma técnica desenvolvida para conversar com os pacientes.
Eles enfiam a mão na sua boca e falam tudo que precisam falar. Depois disso, tiram a mão da sua boca, e esperam você responder. Se você falar muito, ele começa a colocar algodão na sua boca. E foi neste clima que eu descobri o nascimento.

- Seu dente do siso está nascendo! (reparei agora que nunca havia escrito esta palavra. Tive que olhar no dicionário)

- Jura? Que coisa.

Não sabia o que dizer. Talvez devesse fazer uma festa de boas vindas ao meu dente.

- Nossa, você demorou para tê-los, não? Normalmente nascem entre 16 e 20 anos... Se bem que por incrível que pareça, você ainda tem dois dentes de leite. Não os perca, viu?

- Vou tentar. Se eu perceber que eles estão fugindo, os agarrarei com a língua.

Não tive coragem de responder isso, mas deu vontade. Depois da célebre frase do dentista, chego a conclusão que se eu perder os tais dentes, talvez eu possa colocá-los debaixo do travesseiro, e tirar uma grana com a fada do dente. Estou precisando.

Meu sonho acabou quando ele completou a frase:

- Se perdê-los, vai ficar baguela. Os permanentes não nascem mais.

Ele ficou mexendo na minha boca, e dizendo que teria que extrair o siso, e o do outro lado provavelmente não nasceria e blá, blá, blá.

Enquanto ele contava a história do siso na humanidade, me veio a célebre frase das tias: "O dente do juízo esta nascendo!".
Eu estou com quase 30 anos. Ou seja, só agora terei juízo???
Agora tudo se explica. As bebedeiras, as danças bizarras, as festas estranhas com gente mais estranha ainda. Faltava o tal siso. Agora tudo vai ser diferente.

Semana que vem vou entar em algum financiamento da Caixa, comprarei uma casa, depois vou fazer um seguro, irei ao médico dar uma revisada na saúde, farei exercícios físicos, casarei, terei um filho (só um), agora que tenho juízo não seria louca de ter mais que isso.
Ah, juízo...Você não fez falta nenhuma.

7 comentários:

Finito disse...

Arranque esse dente logo! Pessoas com juízo não têm blog...

Let´s disse...

Vivi, vc voltou!!
Bjos...

Camilo disse...

Hahahaha!
O comentário do Finito foi ótimo.
Nenhum dos meus sisos nasceu até hoje. Vai ver que é por isso que eu ainda (creia-me!) tenho blog.
Ou vai ver que, ao contrário do que vc disse, é por isso que fiz financiamento da Caixa - o qual sofro pra pagar, casei e tive um filho.
É, juízo não faz falta não...

Rodrigo Borges disse...

Esse blog é bom demais pra ficar tanto tempo sem atualização!

Felipe Atch disse...

Siso é uma praga, tenho que arrancar os meus tambem!
Beijos!

Marcos Bonilha disse...

Poxa, já entrou em recesso de novo...

delazari disse...

ashauauaa*dentistas pensam o que quando puxam conversa? ninguem merece*ps:siso aparecendo..tenho um texto a respeito..se quiser passo o link depois*abrços (bom texto!gostei)