quarta-feira, 30 de julho de 2008

Você precisa mudar

Você precisa mudar muito.
É esta a frase que eu tenho ouvido. E depois vem o complemente. "Enquanto você for assim, vai ser bem difícil você desencalhar!". Sim, porque agora eu sou encalhada.
Mulheres com quase 30 que não se relacionam, segundo a maioria, é encalhada. Esta é a opinião de 70% dos membros da minha família.

Vamos lá, homens do meu Brasil varonil. Me expliquem, pelo amor de Jorge, o que acontece.

Se falamos, é porque falamos.
Se não falamos, é porque não falamos.
Se eu chamo para sair, sou atirada.
Se não chamo, sou recalcada.
Se tomo atitude, sou oferecida.
Se não tomo, algo de errado acontece comigo. Provavelmente sou lésbica.

Já disseram que eu preciso de uma pitada de hipocrisia.
Um punhado de senso.
Um pouco mais de freio.
E uma dose exagerada da personalidade Amélia, aquela mulher de verdade.

Ainda há homens em pleno século XXI que classificam as mulheres. Esta é para namorar, esta é para sair algumas vezes. E o pior de tudo, nem se dão ao trabalho de saberem o que você pensa sobre o rótulo, simplesmente rotulam e ponto final.

Chego a conclusão que o problema é o filtro do cérebro. O meu está quebrado. O que passa pela minha cabeça sai pela boca sem filtro algum. Sai. E depois que sai o turbilhão de palavras, as pessoas somem. E depois do terceiro, ou quarto encontro, o telefone pára de tocar.
Não adianta fazer o mantra do "toca telefone, toca". Depois de me ouvir por algumas horas, o telefone não toca no dia seguinte.

Se eu preciso realmente mudar, eu não sei. Mas que o relacionamento entre pessoas de sexos diferentes está cada dia mais difícil, isso eu não tenho dúvida.

Ou talvez os relacionamentos não sejam difíceis, eu que sou.

12 comentários:

André Cardoso disse...

" O que passa pela minha cabeça sai pela boca sem filtro algum. Sai. "


Isso não é defeito, é qualidade...


Muito legal teu blog!!!

Nelson disse...

Ola Vivi

Faz algum tempo que eu não posto aqui, e sou seu amigo do orkut mas assim, penso que o problema não é contigo são as pessoas em geral que não querem nada com nada.

Estava igual a você resolvi desencanar, viver a vida como deve ser vivida,em paz comigo mesmo, e quanto ao que os outros acham, vc paga suas contam dane-se os outros seja feliz e vc mesma.

Afinal sendo vc mesma é que vai encantar a pessoa certa para vc

Ah e quanto falar muito que vc se refere, pensa o seguinte, agora que somos jovens tudo é aparencia e vehinhos ??? Case-se com uma pessoa que goste de conversar com vc

E se um dia quiser conversar comigo sabe onde me encontrar

Um beijo e excelente semana

Nelson

Vanessa disse...

Ih! Esse negócio de "ser você mesma" eu também já tentei e não funcionou!..rs..
Vivi! Faz tempo que não andava por aqui. Hilário seu texto, e muito verdadeiro!
Só não esqueça de uma coisa, os homens estão cada vez mais covardes e, portanto, não seguram a onda de encarar um mulherão que fala e faz! Nos subestimam e após, saem correndo! Azar o deles!

Nelson disse...

Meu Deus o que eu não dou por uma mulher de atitude que fala o que pensa e sabe e nao uma songa monga e a Vanessa, me fala isso

Vanessa tem até uns idiotas assim,mas não são todos

Alan disse...

POsso mandar meu curriculo? kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk... Só peço que não implique com futebol na tv aos domingos e acredite que sim "eu preciso estudar e não posso dar atenção no momento"...kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Vanessa disse...

Ok Nelson, perdoe-me! Não são todos, evidentemente! Ufa! Ainda bem!
Alan, também "preciso estudar e não posso dar atenção no momento", mas como é difícil fazer o outro entender isso!

Chris disse...

Di,
No seu caso existe um somatório de fatores que geram tal situação, sim, você tem orgulho (isso não é ruim, mas não exagera), personalidade forte (ótimo, mas tem ser mais flexível), seleta (as vezes o que não agrada muito aos olhos, pode ser bom para seu coração), mas creio que o maior problema está na sua inteligência, a maioria dos homens tem medo de mulheres com elevado nível de cultura e raciocínio. Resumindo: Você precisa lapidar alguns conceitos e os homens precisam voltar a ser como eram nos anos 80/90.
Beijo na testa

F. disse...

Vivi, o post já rendeu dois candidatos: Alan e Nelson...
Agora sério, relacionamento é sempre difícil. Muito mesmo. Mais difícil quando ele existe do que quando não existe, se é que você me entende. Fácil é viver sozinho. Não quer dizer que seja melhor.

Nelson disse...

Concordo com o que você disse F.

Mas tem uma coisa, conheço muita gente que vive um relacionamento apenas para não estar sozinho, sei lá, posso parecer o cara mais antigo do mundo, mas são poucas as pessoas que hoje pensam em conhecer uma pessoa para realmente querer alguma coisa.

Sei lá, as pessoas estão trazendo ao extremo o conceito de unidade,interpessoal em todos os assuntos, nos tornando egoístas, onde estão as pessoas dispostas a viver de verdade,se arriscar, chorar um dia e sorrir no outro ?

Como diria Mário Quintana:

...se quiseres borboletas,não as persiga, cultive o seu jardim, elas virão até você...

Vanessa, não foi recriminando, como existem mulheres dispostas a terem um amor, como existem as conhecidas atualmente como piriguetes, o importante é dar opinião.


Um abraço a todos

Nelson

Alan disse...

temos o mesmo problema Vanessa...kkkk... Em fazer o outro entender que a época de tirar nota baixa e achar graça nisso ficou no ensino médio (ao menos para mim)... kkkkk... Bem caso, alguma se interesse, eu adoro mulheres inteligentes e de personalidade forte... kkkkkkk... Agora inflexível não dá....kkkkkkkkkkkkkk

Marcos Bonilha disse...

Acho que o problema é a inteligência.

Dos outros.

Porque se você mostra um mínimo de cultura, tanto homem quanto mulher, já te rotula, seja chato, emo, nerd, intelectual, gay, metido, etc.

Não sei se a outra parte se sente inferiora ou perdida, mas acredito que isso é o ponto principal de um relacionamento não dar certo nos dias de hoje.

Let´s disse...

Encontros viraram entrevista de seleção. O que falar, o que não falar, o que vestir. Triste isso.
Bjos, Vivi.