quarta-feira, 7 de maio de 2008

Osso duro de roer

Reclamei que não tinha o que fazer. Agora reclamo porque não consigo tempo para fazer tudo o que eu gostaria de fazer. O ser humano é um eterno insatisfeito!

Tenho acordado às seis horas da manhã. Isso lá é hora de um ser humano acordar
?
Não, não é. Principalmente um ser humano que estava acostumado a dormir às quatro da manhã.
Agora durmo às onze e meia, no máximo.

E mesmo indo dormir cedo, saio com um humor bem peculiar.

Eu não nasci para isso. Esta é a primeira frase que eu digo logo quando acordo.
O metrô parece liquidação de loja feminina. Lotado de gente que não pára de falar um minuto sequer.
Deveria existir a lei do silêncio até às oito da manhã. Ninguém fala até este horário.

E uma coisa que eu achava mentira quando me contavam, mas é verdade. Uma vez por semana algum tiozinho ou tiazinha, se joga na linha do metrô.

Se a pessoa quer suicidar-se, tome remédio, corte os pulsos (na vertical, viu
?), dê um tiro na cabeça, mas não se jogue na linha do metrô.

Aliás, taí uma nova campanha: "Não se jogue na linha do trem". Camisetas, adesivos, chaveiros. Eu sou a favor.

Outra coisa. Perfume. Adoro perfume, gosto de pessoas cheirosas. Mas alfazema aos litros é sacanagem.
E eu não sei o que é pior, a alfazema logo cedo, ou o cheiro ardidinho no final do dia.

Quem foi que disse que a vida era fácil
?




7 comentários:

Lisi disse...

Oi Vivi. Também sofro em levantar cedo. Principalmente nesse frio que faz aqui no RS.
Abraços p/ vc.

fernando baião disse...

Levantar cedo, 7 horas, preparar crianças para apanhar o machimbombo (Onibus)). Andar de metro ou autocarro, na Europa é fogo,só tomam banho ou duche aos domingos, ocheiro mata.Nós, os angolanos, em Angola, tomamos duche todos os dias e aqui na Europa, também.A minha empregada doméstica europeia, chegou a dizer que tanto banho gasta a pele!!!

Marcos Bonilha disse...

Bem-vindo ao clube Vivi.
Atualmente não sofro tanto, mas acho que todos deveriam fazer um estágio na linha vermelha em horário de pico para ver o que é inferno na terra.

Finito Carneiro disse...

Devo rir ou chorar? Tenho um trabalho que começa as 14h e vai até as 18h.
O ônibus vai lotado, é verdade, mas sempre sobra um lugar para mim.
Até aí, tudo bem.

Mas, na hora da volta, o que entra de molecadinha fazendo bagunça não está no gibi.
Fazer o quê? Ficar indignado com a bagunça e gritaria deles? Quem nunca foi adolescente?

Só me resta uma coisa, que faço todos os dias, fico vendo-os e relembrando meus bons tempos de moleque espinhudo (não, eu não tinha pêlos nas mãos) e torcendo para que um dia eles tomem juízo como eu acho que tomei.

eder disse...

Eu gosto de metrô.
Sempre que eu to atrasado o metrô me desatrasa!
Agora, veja esse video e se de por sortuda: http://www.youtube.com/watch?v=vKAQtf-aYu4&eurl

Beijos e bom final de semana!

F. disse...

tás a reclamar do metrô de São Paulo? Pois devias experimentar andar de candongueiro em Luanda... Saudações alviverdes.

Fernando Amaral disse...

Que cenário: Liquidação em loja feminina, perfume, falta de perfume, conversê... Filme trash?