quarta-feira, 27 de fevereiro de 2008

Experiência Antropológica

Devo admitir que a tal experiência está sendo divertida.
Em menos de 12 horas no site deu para saber como anda o mercado do romance.

As pessoas estão cada vez mais exigentes, e sabem exatamente o que querem, e o que não querem.

O meu currículo vitae continua online. Cinco pessoas se deram ao trabalho de olhá-lo.
Um deles, um cara que sabe o que não quer, o meu perfil.

Descrição de quem (o nome será preservado) busca:

Alguém que não fume e não seja obcecada por "balada". Eu fumo, e saio todo final de semana.

Goste ou pratique esportes. Eu gosto, mas só vejo pela televisão. Se é que Vale Tudo pode ser considerado esporte.

Se usa aquelas botas grandes - nem pensar. Eu gosto de botas, de preferência as grandes. Um homem que se preocupa com sapatos, interessante.

Sou humilde e trabalhador, procuro uma mulher pra dividir a vida e nao ficar pagando conta.

Sejam mais verdadeiras ao enviarem fotos na net, que sejam fotos de como vocês sao hoje, e nao aquelas fotos de festa de 2002, ou do Nordeste em 2003, ou da formatura em 2000 (isso é terrivel)

Se está a fim de um cara pra pagar conta, motorista particular ou psicólgo pra ouvir sobre relacionameto traumáutico- TCHAU . O cara realmente sabe o que quer. Boa sorte ao candidato.

5 comentários:

Letícia disse...

Menina, que site é esse? Uma vez entrei no do Yahoo e recebi alguns e-mails bizarros. Um deles era de um neo-nazista que gostou de mim pq eu era branca e limpa (sic). Outro mandava e-mails todos os dias sem que eu respondesse, por cerca de dois meses. Era como se ele se relacionasse comigo de fato, tinha até mostrado minha foto para família. Trash, né? Mas boa sorte, tem muita gente legal também.
Bjos

Gabriela disse...

Letícia, que horror!
Olha! Nunca entrei num site desses, mas admito que já ´quase` entrei numa roubada também por um rapaz de um blog. Ele escrevia muito bem e então comecei a acompanhá-lo assiduamente. Seus textos eram brilhantes, de sensibilidade aguçada. Virei fã de carteirinha. Não demorou e pelos comentários que eu deixava no blog, ele acabou ´se interessando` e fazendo contato por e-mail. Depois de um tempo, e de vários textos ´só pra mim`, partimos para o MSN. Mas como esse mundo é muito pequeno, e eu uma eterna desconfiada, logo descobri que o rapaz era um verdadeiro traste, conquistador barato, de 5a categoria, e usava o tal blog como isca. Eca! E a mulherada que se cuide porque ele não deve ser o único. Comigo não jacaré! Tomei chá de sumiço!

Rodrigo Borges disse...

Sabia que meu blog chama Oragoo.net e não Oráculo?

Vivi disse...

Meninas, que horror! Estou ficando traumatizada só de ler as histórias de vocês. Mas já ouvi outras tantas deste nível. Realmente não acredito muito em sites de relacionamento, ao menos no meu caso. Mas têm sido divertido. Até agora nenhum maníaco.

Gabriela, bem-vinda. Volte sempre!

Daniel disse...

Nossa...
se cadastrou nesse site??
Mana, pessoas como nós n pagamos esse mico, dom...
Não vou mais te cumprimentar na rua..
ahauhauhahuhauhuahuauha