sexta-feira, 8 de janeiro de 2016

Pausa para a selfie

Não começarei uma tese de Doutorado sobre de onde viemos e pra onde vamos, e tudo mais. Tem muita gente incrível fazendo isso. E, não estou nesta lista.

Hoje eu estava no hospital, e ao meu lado tinha uma mãe com o filho aparentemente com alguma virose. Sim, sou formada em Medicina, e sei que o médico dirá que é virose, sempre é.

Enfim, não suporto ver criança doente. Fiquei ali olhando o fofinho um tempo. Ele olhou pra mim, deu um risinho. Adoro quando eles fazem isso. Fiz cara de tonta e ele riu de novo. Ficamos neste namorico um tempo.
E nesta relação que construímos, em um curto espaço de tempo, estava bacana pra gente.

De-re-pen-te!!!!! Assim separado pra dar emoção...A mãe do moleque arruma o cabelo, saca o telefone da bolsa e começa a tirar uma selfie. Assim, do nada. Não tem paisagem, não tem ninguém curtindo a vida adoidado, não aconteceu nada que merecesse uma foto. Sim, Brasil, ela tirou uma selfie dela e do filho doente.
Consigo imaginar a legenda - Se sentindo preocupada - Em Hospital Cema. E consigo ir muito além neste drama. Amigos, amigas, gente que ela não vê desde o Ensino Fundamental, comentando a foto "Força, amiga!" "O gatinho vai ficar bem" "Deus no comando", e tudo aquilo que já estamos cansados de ler.

Sei que dali em diante, eu e o moleque continuamos nosso joguinho dos risos e caretas enquanto a mãe dele respondia os comentários do Facebook.

Eu uso rede social, e gosto. Me divirto, mato o tempo, leio piadas, gosto das opiniões diversas, dos rumores políticos, das brigas, intrigas e indiretas de amores que terminaram, dos casais novos e apaixonados que vão terminar em 50 dias úteis, da felicidade fake de casais que estão na merda, mas gostam de manter as aparências e tudo que tem neste mundo virtual.
Comento, posto fotos, cuido da vida alheia (e não sou recalcada) faço isso como todo e qualquer ser humano. Mas ainda não consigo entender alguém que prefira ficar nas redes sociais, ao ficar com o filho doente esperando ser atendido no Hospital. E, ainda acho péssimo quem exponha desta forma. Minha opinião, ok?

Juro que tentei não julgar, mas foi impossível.

O menininho deve estar bem, certeza que era virose.

Nenhum comentário: