sexta-feira, 25 de junho de 2010

Gato

Sim, você chegou aos 29 anos e ainda está solteira!
Não, você não irá casar, fato.
Então, o que fazer?
Comprar um gato, porra! Coisa mais óbvia. A gata de um amigo pariu a mesma quantidade de pessoas da China. Sem saber o que fazer, perguntou se eu queria.
Tem algo mais clichê que uma solteirona com um gato? Impossível.

Antes de contratar o Félix, pedi para ele fazer uma experiência. Pô, se as empresas fazem isso, não vejo porque eu não poderia fazer o mesmo.

Assinamos um contrato de uma semana. Se rolasse uma química, o Félix seria meu.

Segunda-feira: A campainha toca logo cedo. O Félix chegou. Uma gracinha!
Segunda-feira 22:30 (aprox): Chego em casa e o Félix cagou em todos os lugares possíveis e imagináveis, exceto na tal caixinha de terra.

Ligo para o meu amigo. Ele me diz que eu preciso ensinar o gato. Porra, eu já não tenho filho porque não tenho tempo de ajudar a fazer lição de casa, agora vou ter que ensinar o gato?

Tentei 3 dias fazer ele cagar no lugar certo. Como moro sozinha, não vejo problema algum em pagar mico. Coloquei a máscara do Garfield, tipo para ver se rolava uma amizade. O gato quase me matou à unhada.

Tentei ser amiga, tentei conversar, brincar, mas o gato não curtiu muito. Toda vez que eu chegava em casa ele fazia cara de esnobe.
Com medo de perder a minha casa, devolvi o Félix.

Hoje é sexta-feira, admito, estou com saudade. Mas não vou voltar atrás. Vou morrer solteirona, mas sem gatos!

3 comentários:

Carol Campos disse...

Nossa Vivi...vc é muito engraçada...
Eu tenho 3 gatos e confesso...nos primeiros dias é terrivel, parece que não vamos aguentar, mas eu fui firme e hoje meus bebês são as coisas mais amáveis e lindas desse mundo...e olha que nem sou solteira...kkkkkk

Parabéns pelo post...eu ri muito com sua história...

Bjinhossssssssssss

Lucemary disse...

Muito de vez em quando saio sem rumo pela net. Desta vez encontrei voce, e amei.
:)
Gosto do seu jeito de escrever.
Senti falta do tradicional "seguir este blog". Não sigo muitos, mas fiquei com vontade de acompanhar seus escritos.
E discordo: acho comunicação social o máximo! Principalmente quando se tem salários à Galvão Bueno, Casal 20:00h, Ana Maria Braga, Zeca Camargo...

SDC disse...

Vc devia tentar um cachorro.
Afinal se envolver é sempre um risco, e o ideal é só ideal.
Apesar que tem alguns "homens" que são como cachorrinhos: Senta, rola, dá patinha, vai deitar !! e depois de qualquer esporro volta abanando o rabinho.
Melhor o cachorro.
bjão.