segunda-feira, 28 de julho de 2008

Salto

Hoje eu entro mais tarde no trabalho. Então resolvi dar uma passada pelo blog. Afinal, faz séculos que não atualizo.
Não, não estou namorando.

Enquanto lia as notícias do Brasil e do mundo na internet, procurava uma roupa para vestir.
Chegou a vez do sapato. Meus olhinhos encheram de lágrimas - sapato. Eu detesto salto alto. Passei o final de semana inteiro de havaianas, e agora terei que enfiar meu pé num sapato que vai machucar bastante. Não existe sapato alto que não machuque. Já tentei todas as marcas e modelos. Não adianta.

Ainda farei uma pesquisa séria na internet para descobrir quem foi que inventou esta história de salto alto. Tenho certeza que foi um homem.

Não se anda de salto em São Paulo. Preciso ficar o tempo todo me equilibrando, tomando cuidado para não torcer o pé, para não pisar na merda do cachorro. Porque pisar na merda do cachorro de salto, é pedir para feder o dia todo. Não tem Cristo que tire merda de salto.

E não é só isso. Mesmo estando aproximadamente 8 cm do chão, preciso manter a elegância. Me sinto um rinoceronte de sapatilha.

Dizem que o salto alto deixa a mulher elegante. Quando disseram esta frase não me viram andando na rua.

Enfim, está na hoar de ir. Deixa eu colocar a p&%$# do salto e sair.

Homens, ao encontrarem uma mulher em um salto agulha, olhem muito e façam cara de admiração. Aquela mulher é uma guerreira.


5 comentários:

Chris disse...

Vi, estava com saudades e muito preocupado com a lacuna no blog...
Agora posso voltar a ter uma noite de sono tranquila.
Com relação a invenção do salto, alguns dizem que foi inveção de Da Vinci, outros Catarina de Médici, mas a mais aceita é que foi uma invenção de Luiz XV (Acredito que realmente tenha sido, era um boiola de primeira).

Bjs

Surtada disse...

Concordo integralmente, salto é uma morte, felizmente meu trabalho não me exige salto, mas quando tenho que usar, xingo até a última geração do infeliz que inventou esse negócio de andar sobre palitos!
Abs.

SDC disse...

Oi "tava" com saudades.
e... meus pesames pelo seus pés.

eder disse...

Na condição de homem que não usa salto, admiro qualquer mulher que use qualquer salto...

E pode ter certeza que namorar não impede a atualização de um blog.

Beijo.

Vanessa disse...

Depois dos 30 me recuso terminantemente a usar salto agulha. Nem a pau!