sexta-feira, 13 de junho de 2008

Estou viva

Tá, eu sei que parece descaso com meu "imenso" público. Mas está complicado atualizar o espaço.

Estou com um monte de trabalho. E não é só isso, final de semestre da Pós.
Enfim, ninguém me prometeu uma vida justa. Mas às vezes tenho a sensação de que o dia deveria ter 72 horas para que eu pudesse fazer ao menos 50% das coisas que eu preciso fazer.


Meu aniversário está chegando, e junto com ele o inferno astral passará. Sendo assim, voltarei a escrever o mais breve possível. Não me deixem só.

5 comentários:

Chris disse...

Nunca deixei e isso jamais acontecerá.

eder disse...

Tô por aqui. E de inferno astral também, tô atolado. Domingo é o meu...
Bjo grande!

Finito Carneiro disse...

Olha só... também tive uma crise de abstinência criativa no meu blog.
E, por mais esdrúxulo que seja, também usei a frase daquele presidente: "Não me deixem só!"

Que coisa, não?

Eliana Klas disse...

Pode crêr que vou sempre passar por aquí.
E olha que cheguei outro dia e já inclui este endereço nos meus favoritos.

Abração.

Fernando Amaral disse...

Presente.