terça-feira, 1 de abril de 2008

Você tem fome de que?

Me vê por gentileza um quilo de educação?
Acho que é mais ou menos o que acontece. Quantas pessoas já tem o tão sonhado Ensino Superior?
Sim, estamos crescendo. Mas crescendo para onde?

O rendimento escolar está cada vez pior. O rendimento está muito aquém do mínimo exigido para uma sociedade aspirante, desde que eu nasci - e muito antes, do futuro.

Acho que ouço a lorota de que o Brasil é um País jovem e em desenvolvimento desde quando eu ainda estava no
Jardim da Infância.


E acredito que para ser a tal Nação, educação é primordial.

Ainda estamos passando por um período de educação tecnicista. Hoje busca-se a produtividade. Temos que produzir em larga escala. Voltamos ao ensino técnico.

Pensar? Impossível. O que vale, de verdade, é se você sabe produzir.
E para isso pagamos em, nem tão suaves parcelas, pelo conhecimento.
E lá sai o José todo feliz por ter um diploma. Diploma suado que lhe garantirá, ao menos, uma sela especial.

Estamos formando máquinas, não cidadãos.

Pensar, discutir, ser ativo na sociedade em que vivemos, virou privilégio de poucos.

Ainda estamos sendo catequizados, enquanto as verdadeiras potências têm instrução.

Um comentário:

Lima Comunicação disse...

Olá Vivi,

Me Chamo Rogério. E em 17-08-2005 vc fez um comentário em meu blog, o Blogando e Andando (www.blogandoeandando.com). Agora, que estou retomando o projeto, queria agradecer os votos de boa sorte e dizer que linkei seu blog no meu, ok?
Muito obrigado e visite-nos!!
Bjim